IMG_0210

Barbara Müller

Já dizia Manoel de Barros em Tratado Geral das Grandezas do Ínfimo “Meu fado é o de não saber quase tudo. Sobre o nada eu tenho profundidades” — é assim que eu me sinto sobre esse trabalho.

Durante o ensaio externo, busquei algo que realçasse a belezas das joias produzidas pela Barbara Müller. Encontrei o especial num pedaço de vidro no chão, que me permitiu criar um efeito granulado e espelhado, que levava tudo para uma atmosfera de sonho.

IMG_0248

“A poesia está guardada nas palavras — é tudo que eu sei.
Meu fado é o de não saber quase tudo.
Sobre o nada eu tenho profundidades.
Não tenho conexões com a reladidade.
Poderoso para mim não é aquele que descobre ouro.
Para mim poderoso é aquele que descobre as insignificâncias (do mundo e as nossa).
Por essa pequena sentença me elogiaram de imbecil.
Fiquei emocionado.
Sou fraco para elogios.”

— Manoel de Barros

IMG_0221
IMG_0226
IMG_9887
IMG_0202
IMG_0199
IMG_0044
IMG_0210

Ficha técnica